*sorriso de sol

Alan Blair ~

Foto e poesia por: Alan Blair

Amanheceu nublado hoje.

Podia fazer sol.

As pessoas lá embaixo correm de um lado para o outro, inutilmente, tentando escapar do vendaval que varre as ruas.

Eu gosto de tomar banho até minhas mãos e pés enrugarem, mas está nublado lá fora, logo começa a chover, raios e relâmpagos irão me assombrar.

Bem que podia fazer sol.

É que dias assim, sem sol, me tiram a coragem que eu já nem sei se ainda tenho.

Se não pode fazer sol, que escorra, de uma só vez, toda a tristeza lamentada pelo céu.

Mas eu estou seguro aqui dentro desse quarto vazio.

Eu e o pó.

Eu e a velhice.

Eu e o desgasto.

E ainda está tão nublado lá fora.

Nuvens carregadas me assombrando.

Será mesmo que vai chover?

Os pássaros se protegem aonde?

Carteiros trabalham durante a chuva?

E os cães de rua, mendigos, estátuas vivas?

Deus, despeja sobre eles toda sua proteção.

Podia mesmo fazer sol.

Anúncios

2 comentários sobre “*sorriso de sol

  1. quando o dia nasce nublado aqui, eu costumo sorrir.
    porque existe um sol, e só este,
    que brilha forte, já me faz sentir.
    um diamante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s