¨ mundo medíocre.

Alan Blair ~

Foto e poesia por: Alan Blair
Gostaria, pelo amor de Deus, de você e de todos, que parasse de chorar por qualquer coisa, motivo ou simples situação.
Daqui a alguns anos, lágrimas serão raras, não desperdice as suas.
Gostaria também que parasse com sua síndrome de tudo.
De medo, de solidão, de timidez, de falta de atenção.
Falando em atenção, gostaria que demonstrasse mais afeto pela sua família.
Por acaso, já disse alguma vez “eu te amo” para a sua avó? (Única avó presente).
Se continuar roendo as unhas, perderá todos seus dedos.
Já basta o coração roído.
Pare de ter medo do que as pessoas irão pensar.
O ponto de vista delas não te fará vencer na vida, porra.
Siga seu caminho de acordo com seus passos.
Não queira ir rápido demais, poderá facilmente tropeçar nesses buracos tão profundos.
Seu quarto é abafado. Com as três janelas fechadas e a porta jamais destrancada.
Ponha cor na roupa, saúde no coração e força nos braços para agüentar o turbilhão de coisas que estão por vir.
Tenha coragem.
Ninguém terá piedade por você.
Consciência de seus atos faz bem e é essencial, meu filho.
Se as coisas começarem a apertar, dê um salto e não se desespere, pois tem muita gente mais fodida nesse mundo do que você.

(a maior motivação que temos nesse mundo medíocre).

Anúncios