Pedacinhos de sonhos.

Alan Blair ~
Foto e Poesia: Alan Blair

Suguei o vento com a boca e mastiguei, mastiguei, mastiguei.
Fiz bolinha de chiclete com o vento que cresceu, creceu, cresceu.

– Plóc!

Grudou vento no nariz, nos cabelos e nos cílios,
mas aí passou mais vento e levou em pouco tempo,
o meu vento agarrado no meu rosto.

Quem sabe um dia alguém sugue o meu vento, e ao invés de deixar escapar,
engula, engula, engula, para em pouco tempo o meu vento engavetar?

Anúncios

Um comentário sobre “Pedacinhos de sonhos.

  1. O vento.
    Como eu o amo!Adoro-o porque leva meu desespero pra um lado e trás as minhas alegrias para o outro.
    Escuto sua voz e ele entende a minha.
    Como se fosse uma coisa só.
    beijo Alan

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s