I Don´t Like Mondays.

Alan Blair ~
Foto e Texto: Alan

Ele se engasga,
Arroto rouco,
Ele se difama, só.

Ele acha que seria melhor privar-se menos, na verdade, ele perdeu o potencial que tinha desde que voltou pra cá, e as coisas andam bem mais rápidas que a capacidade que ele tem para captar, um certo déficit de alguma coisa.

Meio de setembro com gosto de agosto e aparência de dezembro sem o cheiro de natal que ele tanto adora, luzes verdes e vermelhas e roupa nova, mas é meio de setembro e é como se ainda fosse tudo muito longe.

Ele se machuca no fato do silêncio após as 22h40min, voto de silêncio, é assim que se fala? Ele não queria tanto isso, janela fechada, cortina fechada, mesmo possuindo fotofobia, é assim também que se fala? Dor nos olhos na claridade exposta, a cabeça quase explode.

Ele queria perfume novo na porta se abrindo, colorindo o corredor, música nova no som e cor de sol nas paredes do seu quarto, mas só de vez em quando, ele enfatiza, para tentar variar os passos na dança oca louca que ele tem ensaiado, sozinho, para conquistar algum par da forma charmosa que ele move seus pés no seu conga amarelo, para lá e para cá, ritmado, marcha de carnaval no inverno gelado que faz naquela cidade oca louca onde ele mora, sozinho, sol e chuva dividindo o céu no mesmo instante, onde ele mora, sozinho, repleto de amigos de todos os lugares de todos os sotaques de todos os jeitos variados diversificados possíveis onde fica tudo mais lindo no lugar mágico e lindo onde ele mora, sozinho, calando a sua voz depois das 22:40, rodando no quarto junto com as luzes coloridas que ele liga para intimidar alguma coisa que ele insiste em não definir como algum de tipo de solidão, é assim que se fala? Solidão? Tanto faz, é tudo mágico e lindo, mágico e lindo, repito, mágico e lindo no lugar lindo onde ele mora, sozinho.

Por que quer, ele diz.
Por que é preciso, eu digo.

Uma garrafa inteira de café só pra mim, a idéia não é tão ruim assim, ele justifica.
Mas é que eu não sou tão egoísta, dividir às vezes é bom, eu confesso.

Ele ta querendo a sua mãe, o seu pai, o seu irmão e um beijo da xuxa, se possível for.
É que, às vezes, as coisas dificultam um pouquinho para o lado dele, little earthquakes, me compreende bem? Ele queria, após 22h40min, ligar para o mundo e dividir café, mas o mundo ta todo dormindo depois desse horário, mas uma garrafa inteira de café só pra ele não faz tão mal assim, ele lembra.

Haroldo, ele ta querendo te ligar nesses dias.

É que eu só queria perfume novo quando abrisse a porta,
Ou alguém que me abrisse a porta,
Música nova no som e mais claridade no meu quarto, de vez em quando.
Aqui é tudo tão mágico e lindo, três vezes mágico e lindo no lugar lindo onde eu moro, só que sozinho, após as 22h40min, aí eu me perco dentro de um quarto com banheiro.

Ainda bem que eu tenho minha Lorelai Gilmore.