samba meu

Foto e Texto: Alan Villela

O Brasil ganhou e hoje eu aprendi a sambar.

E fiz do meu samba não apenas mexer os pés, descompassado.

Foi preciso balançar os ombros,
fechar os olhos,
esticar meus braços e fazer um carnaval,

arremessando confete na cara feia do povo,
arrebentando a pista
e levantando a vida, para ela não te abaixar e sambar todinha em cima de você.

“pra nós todo amor do mundo,
pra eles o outro lado,
eu digo malmequer”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s